Archive for the ‘Páscoa’ Category

Regresso da primavera, em tons de verde no campo…

Maio 1, 2013

De passagem breve pela casa, entregue a si mesma e às fadas que a cuidam e protegem , encontramo-la sempre tranquila em renovados tons de natureza viva que a rodeia.

Acordamos com o som dos pássaros que ao longo do dia nos visitam, ora chilreando no pomar ou nos campos cultivados a sul, ora na relva do pátio, onde as poupas , ave tranquila por aquelas paragens, nos surpreendem sem pressa para que as possamos admirar bem de perto. Gaios, melros, rolas são às dezenas nestas manhãs de sol.

Perdemo-nos em contemplação de tanta serenidade e harmonia, e dali trazemos sempre a energia redobrada para prosseguir a jornada.

casa da eira a  nascente

O jardim a nascente, com o vale de salgueiros e encosta de pinhal ao fundo;

pomar e prados a sul                       o verde amarelo do pomar e prado, a sul da eira;Sobreiro a poente                          o verde seco da floresta, a poente…Eira a norte                                                                                                     e o verde mais sombrio a norte.

Anúncios

Tempestade na Páscoa??

Março 29, 2012

Depois da tranquilidade dum inverno/ primavera amena,  irá Abril  brindar-nos com  enormes tempestades ?

Hoje apetece-me apenas partilhar a memória desses dias calmos, tão luminosos uns, como cinzentos os outros. De um oposto absoluto e sempre tão plenos de aromas de campo, pinhal, maresia e terra molhada. Na Páscoa passada, foi assim na Eira…

Páscoa na eira

Abril 17, 2009

O tempo da Páscoa na aldeia é um regresso à minha infância, donde vem ainda o cheiro das amêndoas que a minha mãe guardava por vários meses dentro da cristaleira, e a memória das flores  amarelas e roxas que colhíamos nos campos e com que fazíamos coroas para nos enfeitarmos, durante as longas férias da Primavera. 

flores-campestres

Este ano, fomos  surpreendidos por um grupo de homens e mulheres que, retomando recentemente uma das tradições mais remotas da aldeia, vieram Cantar prás Almas,  cantando de porta em porta. e1

c

 

 

 

 

 

 

Este costume da região tem um forte cariz  religioso ( pois vão recolhendo as esmolas para a celebração de missas pela salvação das almas do Purgatório ), mas ao mesmo tempo um traço vincadamente popular  e genuíno. 

 

b1 

 cantar

 

 

 

 

 

 

Apesar da fraca qualidade técnica do vídeo, vale a pena espreitar e ouvir:

http://www.youtube.com/watch?v=iq97kvIa5NY

Nesta passagem demorada na casa, onde ninfas e elfos domésticos iam cozinhando e arrumando,  trazendo e levando, senti-me verdadeiramente de férias.

  Trago ainda comigo na bagagem o chilrear dos pássaros que enchiam o verde do páteo logo ao amanhecer.  

E todos… tantos os mimos recebidos!…

profusao-de-verdes

 Obrigado ao Luís Caldas pelo vídeo e ao Evaldo Barros pelas fotos.